Os Pratos de Caril do Boa-Bao: Let’s Get Spicy!

Fev 3, 2018

Com uma secção inteira do menu dedicada exclusivamente aos pratos de Caril , achámos que estes pratos mereciam um destaque especial. Por isso, pedimos ao nosso chef principal umas insider’s tips sobre a origem e tipos de caril. Atenção: não nos responsabilizamos por fazer crescer água na boca ao longo da leitura deste post.

O Caril (ou pasta de caril) é composto por uma série de diferentes especiarias que podem chegar até às 70 consoante o país de onde é.  No Boa-Bao, respeitamos as receitas originais e contamos com a expertise asiática dos nossos cozinheiros nativos que garantem que mantemos tudo o mais autêntico possível. Temos bastantes ofertas por onde escolher, todas elas muito especiais, com sabores únicos e apurados como só o verdadeiro caril tem! Prontos para as conhecer?

Comecemos por uma viagem ao centro da Tailândia com a sugestão dum prato de caril chamado Tom Ka Kai. O que começou originalmente por ser uma sopa com frango chamada Kai, mais tarde evoluiu para um caril com sabores típicos como galanga (gengibre Tailandês), leite de coco e erva-príncipe. Hoje em dia, entre todos os pratos picantes da Tailândia este é um dos mais soft pelo que no menu do Boa-Bao aparece indicado com apenas uma “malagueta”. Perfeito para quem não resiste ao cheirinho do caril mas não tolera muito picante!

Ainda pela mesma rota mas sob o mote “let’s spicy it up a notch”, pode provar-se o famoso Caril Verde da Tailândia. Também conhecido por Caril Verde Doce, não pelo sabor mas pela cor verde “doce” derivada da pasta de chili verde e ervas usadas, este caril é um dos mais spicy que temos no nosso menu. Um dos vegetais principais deste prato é a beringela verde Tailandesa, que importamos directamente, para manter os sabores o mais parecido com o original. Disponível em diferentes versões, fica fantástico com o acompanhamento de arroz glutinoso (que se deve misturar no caldo de caril).

Com o cartão de embarque na mão, descemos até ao Sul da Tailândia para encontrarmos uma tigela do Caril Massaman. Com um sabor mais complexo devido à mistura de especiarias, o toque ácido do tamarindo e o doce e fresco do coco, este prato é servido no Boa-Bao com frango ou carne de vaca.

É na Malásia que encontramos o prato de Caril Amarelo. Tradicionalmente um dos tipos de caril menos picante pelo pouco uso de chilies, o sabor condimentando (e cor intensa) vem do pó de curcuma usado na sua pasta. Uma raiz que há mais de 2500 anos é usada na Índia, este caril promete aventura-lo por uma autêntica viagem de sabores. De camarão, frango ou tofu, temos para todos os gostos.

Se gosta de pratos de caril encontra no Largo Rafael Bordalo Pinheiro quatro opções que prometemos que são de comer e querer voltar para mais. Se nunca provou algo assim, será um prazer levá-lo nesta viagem de descoberta! Até breve.